Arquivo do mês: setembro 2011

Filmes nacionais: porque eu não gosto deles?

Cansei de responder a amigos, parentes, vizinhos, colegas de trabalho, cachorros, papagaios e coelhinhos:

Não gosto de filmes nacionais porque eles não têm legendas!

Simples assim.

Não vou ao cinema assistir aos maravilhosos, fantásticos, incríveis e premiados filmes brasileiros (segundo pessoas ouvintes, ÓBEVEO) pelo simples fatos de eu não compreender – veja bem, eu disse COMPREENDER – o que falam. Consigo ouvir os sons dos filmes, mas não consigo entender o que falam. Nada mais natural pra quem é surdo.

Mas convenhamos… Tanta tecnologia disponível e os responsáveis não “copiam e colam” as falas dos personagens dentro dos arquivos de vídeo dos filmes.

Infelizmente não me dão o direito de assistir e prestigiar os filmes produzidos no meu próprio país. Enquanto isso, continuo batendo palmas para as produções estrangeiras.

Anúncios

Oi: TCHAU PRA TI!

Bah, sério… essa que vou contar foi a gota d’água. É sobre esta operadora de telefonia que abocanhou a Brasil Telecom, a Oi, aquela que usa criancinhas fofinhas, no final das propagandas na TV, pra divulgar os serviços podres que oferecem.

PRIMEIRO ATO

Semana passada, minha mãe ligou para a Oi e reclamou sobre um serviço que estava sendo cobrado em nossa conta desde Fevereiro, e que eu, responsável (e tri burro!) por administrar o telefone daqui de casa em função da banda larga, só fui perceber no mês passado. Nunca usamos o serviço e nem temos nenhum plano de utilizá-lo.

O DEABO do serviço é um tal de “Pacote de Serviços Inteligentes”, vulgo Identificação de Chamadas. Segundo o atendente da Oi, o serviço faz parte do pacote de banda larga. Ooooooiiiii???? COMASSIM??? O que tem a ver o cú com as calças? Um serviço de identificação de chamadas, também conhecido por BINA, atrelado a um pacote de banda larga?! Primeir a coisa que me veio à mente: isso parece ser venda casada. Até onde eu sei, isso é proibido por lei.

Após duas tentativas infrutíferas de cancelamento, resolvemos deixar pra lá. Discutir com atendente obediente não rende. Eles seguem a cartilha do patrão e são os que menos têm culpa.

SEGUNDO ATO

Hoje, segunda-feira, 05 de setembro, 20:45h, entro no chat online da Oi para fazer uma reclamação sobre o sinal da banda larga, que está oscilando desde sábado ao meio-dia. Segue o diálogo na íntegra, mas acompanhe o texto destacado, porque o resto é irrelevante. Se quiser ler tudo, ok.

Detalhe: repare que eu sou “Heloisa” (ui!), pois minha mãe naturalmente não entende LHUFAS sobre banda larga.

Bem Vindo ao Atendimento Online Oi.

Em que posso ajudar?

FERNANDO (20:45) : Protocolo de atendimento(20110905001362) Boa noite. Caso já seja cliente OI, me informe por gentileza o nome completo o numero do CPF do titular da linha, é o número do telefone com DDD para qual deseja fazer a solicitação.

Heloisa Nunes e Silva (20:46) : boa noite, fernando

Heloisa Nunes e Silva (20:46) : nome: heloisa nunes e silva

Heloisa Nunes e Silva (20:47) : cpf ***.***.***-**

FERNANDO (20:47) : Qual o numero do terminal fixo do titular da linha;.

Heloisa Nunes e Silva (20:47) : 51 ********

FERNANDO (20:47) : Obrigado pelos dados! Qual é a sua solicitação?

Heloisa Nunes e Silva (20:48) : desde sábado estou com problemas de instabilidade no serviço de internet. o sinal cai com frequencia

Heloisa Nunes e Silva (20:49) : nao consigo passar mais de 15min conectada sem cair

Heloisa Nunes e Silva (20:49) : quero saber se há problemas na minha região e quando o serviço será restabelecido

Heloisa Nunes e Silva (20:49) : neste momento estou conectada via celular

FERNANDO (20:50) : Heloisa o que pode ser feito já que não se sabe o problema em sua conexão é abrir um chamado para que a equipe técnica compareça em sua localidade para verificar o que está ocorrendo em sua conexão. Deseja que seja aberto este registro.

Heloisa Nunes e Silva (20:50) : não tem como fazer um diagnóstico remoto na rede da minha região?

Heloisa Nunes e Silva (20:51) : antes de mandar uma equipe aqui, pessoalmente, não é possível verificar o problema remotamente??

FERNANDO (20:52) : Infelizmente não, somente o técnico poderá fazer está verificação.

Heloisa Nunes e Silva (20:52) : fernando, tu me desculpe, para que serve este atendimento via chat? o que eu posso resolver por aqui?

FERNANDO (20:53) : Solicitações é informações.

FERNANDO (20:53) : Infelizmente não prestamos suporte técnico.

FERNANDO (20:54) : Deseja solicitar o reparo técnico?

Heloisa Nunes e Silva (20:54) : Tu estás me dizendo que a Oi não presta suporte técnico aos serviços que ela vende?

FERNANDO (20:56) : Como foi informado, somente o técnico poderá fazer está solicitação, com o seu aval solicitamos o pedido de reparo técnico para que o técnico compareça a sua residência ou faça a verificação na central técnica para verificar o sinal de sua internet.

FERNANDO (20:56) : Deseja solicitar o reparo técnico?

Heloisa Nunes e Silva (20:56) : Sim, quero abrir este chamado. Ela tem algum custo?

FERNANDO (20:56) : Será cobrado uma taxa de 44,00 pela visita técnica se o problema for em seus equipamentos, mais se o problema for em seu sinal de internet você não pagará nada.

FERNANDO (20:56) : Deseja solicitar o reparo técnico?

Heloisa Nunes e Silva (20:57) : Se a visita for em data e horário agendado, sim, eu quero solicitar.

FERNANDO (20:58) : Então para atendimento peço que entre em contato com nossa central de atendimentos 10314 opção 3-3-8 suporte técnico da OI,

FERNANDO (20:58) : Deseja mais alguma informação?

Heloisa Nunes e Silva (20:59) : Sim, desejo… Eu sou surda e uso aparelho auditivo. Mesmo com ele, eu não falo ao telefone.

Heloisa Nunes e Silva (20:59) : Só me comunico pela Internet ou por SMS

FERNANDO (20:59) : OK.

FERNANDO (20:59) : Me informe um numero de telefone celular para contato técnico.

Heloisa Nunes e Silva (21:00) : Eu quero solicitar o reparo. Isso pode ser feito por aqui?

FERNANDO (21:00) : Me informe um numero de telefone celular para contato técnico.

Heloisa Nunes e Silva (21:01) : O contato será feito por SMS?

FERNANDO (21:01) : Prestamos todas as informações necessárias, estamos encerrando o atendimento. A Oi agradece o seu contato, tenha uma boa noite!

Heloisa Nunes e Silva (21:01) : Fernando, está aí ainda?

Heloisa Nunes e Silva (21:03) : Fernando?

 

Pois é… Sentiu o drama? O Fernando saiu sem me atender. Bateu 21h e tocou a sirene lá. A Oi tem um chat para atendimento online que não faz atendimento online… E se a buzina do final do expediente tocar, PHODAM-SE os clientes, né?!

TERCEIRO, ÚLTIMO E DERRADEIRO ATO DA ÓPERA

TCHAU PRA TI, OI. Adivinha? Está tudo terminado entre nós. Vou te trocar por outra, sua vagabunda!

tchau_logo


Onde está a #Acessibilidade para #SurdosOralizados nos bancos brasileiros?

Nas duas últimas semanas do mês de Agosto, a Paula Pfeifer, do blog Crônicas da Surdez, e a Lak Lobato, do blog Desculpe, Não Ouvi, lançaram uma discussão acerca da (falsa e falta de) acessibilidade dos serviços para surdos oralizados,  “disponibilizados” pelos bancos e instituições financeiras em geral.

Uma leitora da Lak questionou sobre o problema acontecer em outros segmentos, não só o bancário. Tirei o chapéu pra pronta e simples resposta da Lak:

“Isso é só a ponta do iceberg.”

Iceberg

 

Ainda não tive problemas com bancos, mas com empresas de telefonia… Que atire a primeira pedra quem nunca perdeu cabelo com as operadoras.

Meu chefe já se passou por mim, para poder cancelar um serviço de celular, que eu não estava utilizando. Minha namorada, ouvinte, já ficou ao meu lado no telefone, me passando o que um atendente me pedia, para que eu pudesse alterar um plano de telefonia.

Eu sou surdo oralizado e me sinto lesado pela situação nada desagradável. Então vamos lá! Aqui vai minha contribuição.

Só para início de conversa, fiz uma pesquisa no Google, a qual não durou nem 5 minutos, e encontrei no site da Computerworld o título a seguir. Os destaques em negrito e letras maiores são meus.

A fonte está neste link: http://computerworld.uol.com.br/tecnologia/2011/06/15/bancos-reabrem-os-cofres-para-ti/

Bancos reabrem o cofre para TI

Os serviços de pagamentos e recebimentos da rede bancária brasileira estão entre os mais eficientes e modernos do mundo. Isso porque o investimento em alta tecnologia sempre foi quase que um mantra no setor, para garantir posições privilegiadas em uma arena de forte concorrência.

[…]
O estudo, que envolveu executivos de 62 instituições financeiras que atuam no País, aponta que entre as prioridades de negócios para o ano, na opinião dos executivos, estão, pela ordem, aumento de eficiência, receitas e portfólio. Quando o tema são iniciativas ligadas à inovação, a maioria tem como prioridade a criação de produtos e serviços, novas formas de relacionamento com o cliente e reformulação no atendimento nas agências, além de novos modelos de precificação.

[…]
De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em 2010 os gastos do setor com TI atingiram 22 bilhões de reais, crescimento de 15% sobre o ano anterior. As despesas com tecnologia ficaram em 15,4 bilhões de reais, aumento de 13% sobre 2009 e os investimentos na área alcançaram 6,6 bilhões de reais, valor 19% superior.

 

Foram 22 bilhões de reais em investimentos em tecnologia em só no ano passado! Quem se arrisca a chutar quanto desta fatia foi investida para atendimento de pessoas surdas?

Sou formado na área de Gestão de Tecnologia da Informação (TI), possuo certificação em Gerenciamento de Serviços de TI e faço pós-graduação em Gerênca de Projetos de TI. Estamos em pleno 2011, no século 21, porra! Onde está o que os bancos chamam de acessibilidade? Qual é o conceito de acessibilidade dos bancos? A propósito, lanço um desafio:

As pessoas que cuidam da acessibilidade nos bancos são deficientes? Possuem algum tipo de limitação física? Sentem na pele as dificuldades de um surdo, de um cego ou de um cadeirante?

Com essa quantidade de recursos financeiros e tecnologias disponíveis, não aceito mais nenhum tipo de desculpas. Eu não deixo por menos; vou brigar pelos meus direitos.